Gadoo - Notícias e Curiosidades

Mulher com condição de pele rara e debilitante se torna a primeira pessoa entre as afetadas a se tornar mãe

Compartilhe:

Uma mulher com uma rara condição de pele debilitante se tornou a primeira entre as pessoas afetadas a se tornar mãe.

Stephanie Turner, de 23 anos de idade, que vive em Wynne, Arkansas, EUA, nasceu com a doença genética chamada Ictiose Arlequim, que faz com que sua pele seja muito grossa e severamente “rachada”.

A jovem, que sofreu por décadas com comentários a respeito de sua aparência incomum, é altamente susceptível a germes que normalmente seriam bloqueados por pessoas sem a condição.

Ela, casada com Curtis, e também não possui cabelos. A condição tem causado problemas em suas mãos e pés, mas, apesar de todos esses fatos, Stephanie se tornou a primeira portadora da doença a dar à luz.

Mulher com condição de pele rara e debilitante se torna a primeira pessoa com tal doença a se tornar mãe

Stephanie Turner, de 23 anos de idade, que vive em Wynne, Arkansas, EUA, com uma rara condição de pele debilitante, foi a primeira pessoa entre as afetados a se tornar mãe.

A gravidez de Willy, seu primeiro filho, ofereceu riscos à sua própria vida, já que temia-se sobre o crescimento de sua barriga. Mas hoje o casal tem mais um filho, Olivia, de quatro meses de idade.

101


PUBLICIDADE

A sobrevivência de Stephanie se deve, em parte, graças a um creme que a mantém livre de bactérias e que lubrifica sua pele dura.

Os filhos de Stephanie e Curtis não possuem a condição.

102

109

108

107

106

105

104

103

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo