Gadoo - Notícias e Curiosidades

Mulher com condição genética rara fica com corpo extremamente inchado ao se estressar

Compartilhe:

Uma mulher com uma condição terrível é obrigada a conviver com inchaços dramáticos em todo o corpo. A doença é tão grave que pode causar sua morte.

Izzy Richards, de 32 anos, tem uma condição genética extremamente rara e potencialmente fatal chamada angioedema hereditário. Isso faz com que suas mãos, pernas, rosto, barriga e costas inchem com regularidade. Além disso, a língua e garganta também podem sofrer com a condição, fazendo com que a mulher tenha que se esforçar para respirar devido ao bloqueio de suas vias aéreas.

A mulher conta que sente vergonha quando sua doença fica mais evidente. “Quando meu rosto incha é realmente humilhante. As pessoas olham para mim e acham que meu parceiro, Chris, me bateu”, contou.

Izzy havia sofrido um surto de rubéola e teve seus joelhos inchados. Na época, seus sintomas foram definidos como uma reação alérgica ao medicamento que usou para combater a doença. Ela ficou sem experimentar novamente os sintomas até seus sete anos.

A mulher começou a sofrer dores de estômago e vômitos em cerca de três a cada quatro semanas. Ela notou que suas pernas se inchavam durante esse período. Após muita luta para descobrir do que se tratava, a paciente recebeu o diagnóstico de angioedema hereditário.

Izzy Richards

Izzy Richards sofre de angioedema hereditário, doença que pode ser fatal e causa inchaços nas mais diversas regiões de seu corpo.

Sua condição é desencadeada por estresse. Algumas pessoas que sofrem do problema têm o ataque todo mês, enquanto outras passam até anos sem um inchaço sequer.


PUBLICIDADE

O inchaço, aliás, é causado por falta de uma proteína no sistema imunitário. Os vasos sanguíneos se tornam permeáveis, e permitem o acúmulo de líquido nos tecidos.

Izzy ao menos pode contar com o apoio de seu namorado. “Meu parceiro fica realmente muito preocupado. Ele é muito atencioso e faz tudo o que pode para me ajudar, mas eu queria acreditar que um dia minha condição pudesse ser curada”, contou a mulher. “Eu quero aumentar a conscientização para que todos os que são diagnosticados com ao doença possam receber o tratamento que necessitam”, concluiu.

6

5

4

3

Fonte: Daily Mail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo