Gadoo - Notícias e Curiosidades

Mulher convive com condição rara que a faz ter pânico de buracos

Compartilhe:

Jackie Wright, mãe de 4 filhos, sofre de um transtorno chamado Tripofobia, um meo de buracos que a faz ter arrepios ao ver uma simples esponja ou bolhas flutuando próximo do ralo na hora do banho.

Seu terror é tão verdadeiro que ela deixou o emprego em uma cozinha escolar após ver um aglomerado de buracos em bolinhos. Mesmo uma xícara de chá pode fazê-la suar frio.

Ela disse: “se eu ver as bolhas em meu chá, eu tenho que agitá-las com uma colher ou eu tenho que beber com os olhos fechados.”

Jackie, que agora trabalha como assistente, disse: “Eu estou preocupada que os insetos possam rastejar para fora dos buracos, especialmente nas esponjas. Não são os próprios buracos que me assustam, mas sim o que está dentro deles. Minha vida virou de cabeça para baixo.”

Mulher vive com condição rara que a faz ter pânico de buracos

Jackie Wright tem medo de buracos, e uma simples esponja perfurada a faz suar frio. Mulher explica que medo é do que pode ter dentro das cavidades.

O pesadelo começou há três anos, depois de Jackie, de Wallsend, Newcastle-upon-Tyne, assistir um anúncio para Gel de banho na TV. Ela disse: “Eu odiava quando a câmera se deslocava para fora das pessoas nuas na tela e fundia-se aos poros da pele de alguém. Assim que vi, minha pele coçou, e depois disso, assim que ouvia a voz iniciando o anúncio eu tinha que mudar para outro canal.”


PUBLICIDADE

55

A gota d’água veio quando sua colega estava fazendo uma pizza e inconsciente de sua fobia, mostrou-lhe a massa perfurada. Jackie disse: “Ela não tinha idéia sobre a minha fobia. Comecei a chorar e tive um ataque de ansiedade, foi horrível. Meu coração estava disparado e eu tive que sentar-me no escritório para me acalmar. Eu percebi que eu não poderia continuar assim e larguei meu emprego um mês depois.”

Jackie pesquisou seus sintomas na internet e descobriu que seu medo bizarro era de fato uma fobia de buracos. Mas os médicos não reconhecem a fobia, e Jackie quer que seu problema seja levado mais a sério.

Ela começou a enfrentar seus medos e está recebendo terapia comportamental cognitiva para ajudá-la a lidar com a ansiedade. Durante a terapia, ela tem de aparecer bolhas e é forçado a usar os objetos que mais teme – esponjas e bolinhos.

Fonte: Daily Mail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo