Gadoo - Notícias e Curiosidades

Mulher dá à luz no trabalho e enfia bebê na gaveta de sua mesa

Compartilhe:

Uma mulher foi acusada de assassinato depois de dar à luz um bebê no trabalho e, em seguida, tentar escondê-lo dentro da gaveta de sua mesa.

Kimberly Pappas, de 25 anos, supostamente teria usado tesouras da cutícula para cortar o cordão umbilical de seu filho recém-nascido após dar à luz no banheiro do escritório onde trabalha.

Ela, então, colocou o bebê em um saco plástico selado e escondeu-o dentro de sua mesa por cerca de 30 minutos.

Mas a polícia foi chamada depois de colegas de trabalho preocupados escutarem gemidos no banheiro e verem uma poça de sangue no local.


PUBLICIDADE

Mulher dá à luz no trabalho e enfia bebê na gaveta de sua mesa

Kimberly Pappas foi acusada de assassinato depois de dar à luz um bebê no trabalho e, em seguida, tentar escondê-lo dentro da gaveta de sua mesa.

Pappas teria dito à polícia que ela havia sofrido um aborto espontâneo, mas uma autópsia declarou que a morte do bebê foi um assassinato – e determinou que a criança havia morrido por asfixia logo após o nascimento.

O advogado de defesa, Ray Cassar, disse que a cliente havia feito terapia para tratar de problemas de saúde mental.

“Eu não acho que ela entende o que está acontecendo”, disse ele.

Pappas vai passar por uma avaliação psiquiátrica e retornará ao tribunal em junho, para enfrentar acusações de assassinato e abuso infantil.

Fonte: Metro

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo