Gadoo - Notícias e Curiosidades

Mulher de 62 anos conhece homem pela internet, se casa com rapaz e descobre que ele tem 47 amantes

Compartilhe:

Uma idosa foi enganada por um estrangeiro que possui outras 47 amantes e acabou entregando suas economias a ele depois de se casar.

A ex-professora britânica e conselheira paroquial divorciada conheceu Ovi Elias, contador aposentado queniano, que lhe disse em um site de namoro que vivia em Londres, Inglaterra. Ela logo pensou ter achado sua alma gêmea.

Eles decidiram se encontrar pessoalmente, começaram um relacionamento e, três anos mais tarde, casaram-se após o homem ter se mudado para a casa da idosa, em Ashington, West Sussex, no mesmo país.

Mulher se casa com rapaz e descobre que ele tem 47 amantes

Judith Stillwell, idosa de 61 anos de idade, foi enganada por um estrangeiro que possui outras 47 mulheres após se casar com ele e lhe entregar 100 mil reais.

Mas algum tempo depois Judith descobriu que seu marido, que fez frequentes viagens ao exterior dizendo se tratar de assuntos urgentes referentes a negócios imobiliários, tinha outras 47 companheiras espalhadas pelo mundo.

2


PUBLICIDADE

Ela havia dado ao marido mais de R$ 100.000 de suas economias para financiar os gastos, e agora acredita ter sido vítima de um golpe elaborado.

Elias, que havia dito ter 62 anos, tinha informado à outras mulheres com as quais conversava que se chamava Steve e possuía 47 anos.

3

Ele viajava o mundo conhecendo outras mulheres que financiaram seu estilo de vida, assim como Judith, de acordo com o que ela mesma informou.

Algumas semanas depois de uma das viagens de Elias, a idosa recebeu uma mensagem de uma mulher da Austrália. “Ela disse que Steve tinha usado seu notebook, mas não fechou os e-mails corretamente, e ela tinha encontrado uma lista de 47 mulheres espalhadas pelo mundo, incluindo nós. Ela até contatou algumas delas,” disse Judith.

Quando o marido retornou de viagem, a aposentada disse-lhe para ir embora e, desde então, ele não foi visto por ela.

Segundo Judith a polícia lhe disse que não havia nada que pudessem fazer, já que Elias não infringiu nenhuma lei.

“Minha única esperança é contar a minha história e advertir outras mulheres para tomar cuidado”, completou.

Fonte: DailyMail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo