Gadoo - Notícias e Curiosidades

Mulher em cadeira de rodas é proibida de entrar em restaurante por conta de seu odor ruim

Compartilhe:

Uma mulher em cadeira de rodas disse que está sendo discriminada depois de ser proibida de entrar em um restaurante em Sidcuo, sudeste de Londres, por causa de seu mal cheiro.

Kelly Sawyer almoçava regularmente no Star Burger, na rua Sidcup High, antes de receber a informação que não poderia mais se sentar no interior do restaurante.

Durante os meses de verão, a mulher de 34 anos sentou-se do lado de fora, mas decidiu entrar no restaurante quando o clima esfriou na região.

Mulher em cadeira de rodas é proibida de entrar em restaurante

Kelly Sawyer, que vive em cadeira de rodas, foi proibida de entrar em restaurante após estabelecimento alegar que ela era fedorenta e incomodava clientes.

Sawyer, que sofre de uma doença congênita que afeta a medula espinhal, que a deixou paralisada da cintura para baixo – disse que foi dito a ela para sair, quase imediatamente.


PUBLICIDADE

A mulher comia no café duas vezes por semana nos últimos 10 anos.

Um porta-voz do restaurante disse: “Ela não estava muito limpa. Ela tinha um cheiro muito ruim. Esse foi o motivo que lhe dissemos que ela não poderia sentar no restaurante. Temos muitos clientes no restaurante. A razão pela qual ela não é permitida entrar, é por causa dela possuir muito mau cheiro. Nós oferecemo-nos para colocá-la do lado de fora e servi-la lá, mas ela acabou entrando. O restaurante estava cheio. As pessoas começaram a reclamar.”

Sawyer respondeu a estas alegações dizendo: “Eu não acho que seja justo. Eu estou limpa, e eles me deixavam entrar no restaurante antes”.

Fonte: Arbroath 

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo