Gadoo - Notícias e Curiosidades

Mulher ganha quase 300 mil como compensação após jovem desfigura-la por ter sido rejeitado a seus avanços românticos

Compartilhe:

Uma mulher de 20 anos de idade recebeu 1,72 milhões de yuans (equivalente a 277 mil reais) em compensação depois de ter sido incendiada e desfigurada por um colega de classe a quem ela havia rejeitado se relacionar.

Zhou Yan estudou na mesma escola que Tao Rukun, em Anhui, Hefei, na China, quando a tragédia ocorreu há quatro anos.

Zhou tinha recusado as tentativas do colega, então com 17 anos de idade, que em várias ocasiões se aproximou dela. Seus pais até mesmo arranjaram uma transferência de escola para ela evita-lo.

Notando a recusa, Tao foi até a casa da adolescente, despejou querosene sobre ela e a colocou em chamas.

Mulher ganha quase 300 mil como compensação após jovem desfigura-la por ter sido rejeitado

Zhou Yan, de 20 anos de idade, recebeu 1,72 milhões de yuans (equivalente a 277 mil reais) em compensação depois de ter sido incendiada e desfigurada por um colega de classe.

A vítima sofreu queimaduras de segundo e terceiro grau em mais de 30% de seu corpo, e ficou com o rosto desfigurado.


PUBLICIDADE

100

Tao foi preso e condenado para viver atrás das grades por 12 anos. Seus pais, ambos funcionários do governo em Hefei, já foram condenados a pagar 1,72 milhões de yuans a Zhou, como compensação.

Segundo relatos, a mãe e o pai de Tao tinham inicialmente recusado pagar por despesas médicas da vítima, a menos que a família de Zhou concordasse em assinar um documento pedindo a libertação do agressor.

Fonte: Shanghaiist

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo