Gadoo - Notícias e Curiosidades

Mulher pensa que havia defecado nas calças, vai a banheiro se limpar e percebe que tinha dado a luz

Compartilhe:

Uma grávida deu à luz filha 17 semanas mais cedo depois de pensar que havia defecado em si própria.

Marie Delanote, de 35 anos de idade, se sentia constipada há dias e percebeu algo estranho entre suas pernas. Ela imaginou que fossem fezes e se dirigiu ao banheiro de sua casa em Basildon, Essex, Inglaterra.

Olhando através de um grande espelho onde podia se ver de corpo inteiro, a mulher ficou chocada quando notou a cabeça de seu bebê saindo.

Marie foi levada às pressas para um hospital local pelo marido, Andrew, de 51 anos, mas teve que ser transferida para outro centro médico, o Hospital Portsmouth’s Queen Alexandra, porque o primeiro não dispunha de equipamentos para lidar com o nascimento de bebês que viessem ao mundo tão cedo.

Mulher pensa que havia defecado nas calças, vai a banheiro se limpar e percebe que tinha dado a luz

Marie Delanote, grávida de 35 anos, deu à luz filha 17 semanas mais cedo em Basildon, Essex, Inglaterra, depois de pensar que cabeça de bebê era suas fezes.

Um dia depois, Marie relatou não ter sentido contração alguma e a filha começou a nascer. Com a ajuda dos profissionais da instituição, Eloise chegou com saúde.

1

A menina lutou por sua vida depois de contrair uma infecção bacteriana mortal.


PUBLICIDADE

“Por causa da infecção, ela saiu malcheirosa e coberta de pus e precisava de cuidados de urgência, acrescentou a mulher. Fomos informados pelos médicos que as coisas não pareciam boas, mas eu não acredito em energia negativa, por isso usei o poder da meditação para dar-lhe a cirurgia psíquica – e funcionou”, afirmou ela.

2

“Os médicos fizeram um trabalho incrível e eu realmente quero salientar que eles foram verdadeiramente fantásticos. Mas eles lidavam com o físico e eu fiz o trabalho de energia”, completou.

Eloise ficou no hospital por quatro meses até que pôde ir para casa encontrar os irmãos, Jack, de 10 anos, Adam, de 8, e Orla Jane, de 5.

3

 

Três semanas antes do nascimento, Marie havia sofrido com uma dor de garganta que rapidamente transcendeu a uma infecção.

Apesar de ter recebido antibióticos, a infecção se espalhou para seu útero causando o trabalho de parto prematuro.

4

5

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo