Gadoo - Notícias e Curiosidades

Mulher que tentou se matar após sofrer bullying por causa de condição rara que a faz ter pelos no corpo se aceita e faz campanhas contra discriminação

Compartilhe:

Uma mulher barbada, que suportou anos de assédio moral e quase se matou, falou sobre sua confiança após superar o trauma.

Harnaam Kaur, de 24 anos, de Berkshire, Inglaterra, possui síndrome do ovário policístico e, por isso, começou sofrer com o crescimento de pelos em sua face quando tinha apenas 11 anos.

Ela tentou se livrar dos pelos, que também cresciam pelo corpo, com cera, água sanitária e até mesmo raspando.

Harnaam contou sobre sua história no programa This Morning. Entre outras coisas, ela disse que, quando estava nos ensinos primário e secundário, ela notou que os pelos começaram a crescer e sofreu bullying, o que a levou a não se aceitar como era.

Mulher que tentou se matar após sofrer bullying por causa de condição rara que a faz ter pelos no corpo se aceita e agora faz campanhas contra discriminação

Harnaam Kaur, de 24 anos, possui síndrome do ovário policístico e, por isso, começou sofrer com o crescimento de pelos em sua face quando tinha apenas 11 anos.

A mulher chegou até tentar acabar com eles usando cera, raspagem e até água sanitária.


PUBLICIDADE

111

Ela também contou que pensou em tirar a própria vida tomando vários comprimidos, mas decidiu canalizar a sua energia negativa em algo mais positivo.

Harnaam está agora trabalhando em uma campanha para mostrar que xingamentos tem um grande impacto nas vítimas.

1111

Ela conta que o irmão foi sua “espinha dorsal” por ajuda-la a lidar com a situação. Harnaam agora faz parte da religião Sikh, que proíbe a raspagem dos pelos do corpo.

11111

1111111

111111

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo