Gadoo - Notícias e Curiosidades

Mulher que vive com saco para saída de fezes preso em sua barriga surpreende e se torna fisiculturista

Compartilhe:

Uma jovem que passou por uma cirurgia de remoção do intestino grosso se tornou uma fisiculturista mesmo tendo em seu abdome o local para a saída de suas fezes.

Zoey Wright passou por uma cirurgia de mudança de vida depois de enfrentar, por dois anos, a colite ulcerosa, um dos principais tipos de Doença Inflamatória Intestinal – que possui sintomas como fadiga crônica, dor, inchaço ou cólicas na barriga, perda de peso extrema e diarreia recorrente.

Eles podem ocorrer em quantidades variadas, deixando a pessoa afetada incapaz de trabalhar ou mesmo de desfrutar de atividades normais do dia-a-dia.

Mulher que vive com saco para saída de fezes preso em sua barriga se torna fisiculturista

Zoey Wright, que tem em seu abdome o local para a saída de suas fezes após ter passado por cirurgia de remoção do intestino grosso, se tornou uma fisiculturista.

Sua condição, que afeta 146.000 pessoas no Reino Unido, foi descoberta no ano de 2012 quando ela passou de 63 quilos para 50 em menos de quatro semanas, depois de ser admitida várias vezes em um hospital.

 

Ela mal conseguia andar de tão fraca, e às vezes nem saía da cama para se lavar.

91

Devido à drástica perda de peso que Zoey teve, o médico que a tratava informou que ela precisaria passar por uma ileostomia, cirurgia que visa remover parte do intestino

grosso (ou por completo) em que uma nova abertura, para saída das fezes, é exteriorizada na parede abdominal.


PUBLICIDADE

92

De alguma forma sua saúde se recuperou o suficiente para que não necessitasse da cirurgia, e a experiência a motivou tentar curar seu corpo sem contar apenas com a medicação prescrita.

Ela estava determinada a ganhar peso novamente, mas sabia que em seu estado seria difícil, e decidiu recorrer à musculação.

93

Com a ajuda de seu namorado de infância, Conor, um fisiculturista, Zoey começou uma nova vida e se tornou uma atleta fitness.

No entanto, a cada vez que ela sentia estar se tornando mais forte, sua condição a levava ao hospital. Em novembro de 2014, Zoey decidiu passar pela ileostomia.

94

Agora, 10 meses depois, ela está atualmente em treinamento para sua primeira apresentação de musculação, e alguns dos sintomas permanecem, mas com dor mais suportável.

Ela disse que a cirurgia a colocou “para baixo”, mas mesmo assim buscou transformar este sentimento em motivação e agora se sente melhor do que nunca.

95

Zoey também afirmou que quando se tem paixão por algo nada pode impedir de buscar os objetivos.

Fonte: Metro

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo