Gadoo - Notícias e Curiosidades

Mulher se salva após fingir-se de morta enquanto era esfaqueada por ex-marido dentro de cemitério

Compartilhe:

Uma mulher se fingiu de morta para salvar sua vida depois de sofrer agressão brutal por parte de seu marido.

Dionne Norris, de 45 anos, disse a um tribunal que precisou se fingir de morta para salvar sua vida depois que o marido ciumento, David Norris, de 51 anos, a atacou com uma faca.

O crime aconteceu porque o casal, que ficou junto por 30 anos, 27 deles em matrimônio – e que possui dois filhos – havia se separado r David não aceitava o fim do relacionamento.

Mulher se salva após fingir-se de morta enquanto era esfaqueada por ex-marido

Dionne Norris, de 45 anos, relatou a um tribunal que precisou se fingir de morta depois que o marido a levou a um cemitério em Londres, Inglaterra, e a esfaqueou.

Dionne se envolveu com outro homem e o marido ciumento vigiou quando, em uma ocasião, ela saía de um bar.


PUBLICIDADE

144

Ele a pôs em seu carro e a levou até cidade de Londres, Inglaterra, cerca de cinco horas de onde estavam. Depois ele a conduziu a um cemitério onde alguns de seus parentes estavam enterrados.

Dionne contou que, no porta-malas do carro, havia flores. De repente ele deferiu-lhe facadas dizendo: “Sinto muito, Dionne, se eu não posso ter você, ninguém pode.”

1444

Depois da agressão, ele acariciou sua testa e disse: “Agora vá dormir”. Ela então fechou os olhos e fingiu estar morta, e o marido foi embora.

Depois disso ela começou a pedir socorro e um homem apareceu e chamou uma ambulância que a ajudou.

O homem foi detido e o julgamento continua.

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo