Gadoo - Notícias e Curiosidades

Obesa que chegou a pesar mais de 320 quilos para agradar namorado com fetiche bizarro muda de vida ao terminar com rapaz

Compartilhe:

Uma mulher que engordou assustadoramente para agradar o namorado perdeu mais de 100 quilos depois de terminar com ele.

Patty Sanchez, de 51 anos, de Reno, Nevada, EUA, costumava ingerir 13.000 calorias por dia quando namorava um homem que tinha um fetiche de ser “esmagado” por ela – quando pessoas maiores, geralmente mulheres, sentam-se ou aplicam todo o seu peso sobre alguém.

Em um ponto do relacionamento ela queria ser a maior mulher do mundo, pois sentia que quanto maior fosse mais seria amada.

Mas Patty, mãe de quatro filhos, disse que em um determinado momento sentiu que estava caminhando lentamente para a morte.

Obesa que chegou a pesar mais de 320 quilos para agradar namorado muda de vida ao terminar com rapaz

Patty Sanchez, de 51 anos, de Nevada, EUA, chegou a pesar mais de 320 quilos para agradar o namorado e perdeu mais de 100 quilos depois de terminar com ele.

No auge de seu peso, a mulher chegou a ter mais de 320 quilos e lutava para dar mais de 3 passos sem perder parte do fôlego. Com isso ela temeu que não viveria para ver seus cinco netos crescerem.

81


PUBLICIDADE

Ela percebeu que o namorado não pensava no bem-estar dela, e rompeu com ele. “Eu me senti sexy e estava feliz que estava lhe agradando. 90% do nosso relacionamento girava em torno de comer”, contou.

82

Depois de aderir a uma dieta, ela passou a pesar cerca de 215 quilos. Agora Patty pode fazer caminhadas, tomar banho e pintar as unhas, o que não era capaz de realizar antes.

83

Patty conheceu o antigo amor através de um amigo em 2000. Eles namoraram por 10 anos. Ele havia dito que tinha fantasias de estar com uma mulher gorda e isso a agradou.

A identidade do homem não foi revelada.

84

Fonte: Metro

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo