Gadoo - Notícias e Curiosidades

Padre exorcista revela como diferenciar alguém possuído de um doente mental

Compartilhe:

Um padre que realiza exorcismo deu orientações sobre como saber se uma pessoa está possuída de verdade.

Os desvios entre aqueles sob a influência de um ser de outro mundo e alguém com problemas de saúde mental foram detalhados pelo Padre Cipriano de Meo.

Padre Meo, um exorcista de 64 anos, de Foggia, Puglia, sudeste da Itália, disse que a oração é a chave para restabelecer uma pessoa possuída.

O exorcista disse que em uma “oração prolongada quando o adversário [demônio] está presente, há uma reação”.

As reações inquietantes de uma pessoa possuída à oração, visto pelo adversário como um inimigo pronto para lutar, podem incluir “expressões faciais, palavras ameaçadoras ou gestos e outras coisas – mas especialmente blasfêmias contra Deus e Nossa Senhora.”


PUBLICIDADE

Padre exorcista revela como diferenciar alguém possuído de um doente mental

Padre Meo, um exorcista de 64 anos, de Foggia, Puglia, sudeste da Itália, que realiza exorcismo, deu orientações sobre como saber se uma pessoa está possuída de verdade. Foto: Getty

De acordo com o Catecismo da Igreja Católica, doença mental e posse são muito diferentes: “O exorcismo é dirigido à expulsão de demônios ou para a libertação da possessão demoníaca por intermédio da autoridade espiritual que Jesus confiou à sua Igreja. A doença, especialmente doença psicológica, é uma questão muito diferente; tratar esta é a preocupação da ciência médica. Portanto, antes de um exorcismo ser realizado, é importante certificar-se de que se está lidando com a presença do maligno, e não com uma doença.”

Foto: facebook

Foto: facebook

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo