Gadoo - Notícias e Curiosidades

Pai convence filha adotiva a assassinar a própria mãe para continuarem relação secreta

Compartilhe:

Sabrina, de 17 anos, uma filha adotiva, estava tendo um caso com seu pai e ficou disposta a fazer o que fosse preciso para manter o relacionamento proibido.

Sabrina Zunich lutarou para manter o segredo da esposa de Kevin Knoefel, Lisa. O fato de viverem na mesma casa, tornava a situação ainda mais perigosa.

Lisa não tinha ideia do que estava acontecendo e não imaginava do que sua própria filha adotiva seria capaz de fazer.

Kevin e Lisa vivam em Willoughby Hills, em Ohio (EUA), e estavam casados há 6 anos. Ela era uma assistente social de crimes íntimos, enquanto o marido é um motorista de caminhão.

Pai convence filha adotiva a assassinar a própria mãe

Pai convenceu filha adotiva Sabrina, de 17 anos, a assassinar a própria mãe de maneira brutal para continuarem relação secreta. Dupla acabou presa após a morte da vítima.

O homem era padrasto de Lisa, de 13 anos, fruto do primeiro casamento, e juntos tiveram uma filha biológica, que tinha três anos.

Em 2011 o casal adotou a adolescente problemática, Sabrina. Com Sabrina apaixonada, Kevin prometeu a ela que iria pedir o divórcio e eles ficariam juntos.

Mas ele disse a jovem que não queria perder a filha biológia em uma batalha de custódia. Lisa precisava estar fora de circulação.

122

Kevin falou sobre a contratação de um pistoleiro, e então disse a Sabrina que a única maneira deles ficarem juntos seria ela matar a própria mãe. O homem chegou a ameaçar se matar caso a jovem não realizasse o plano.

Os registros mostram que Kevin e Sabrina trocaram aproximadamente 1.500 mensagens de textos entre si, ao longo de 15 dias.

Nas primeiras horas do dia 16 de novembro de 2012, Kevin estava trabalhando quando Sabrina foi para o quarto de Lisa usando uma máscara em seu rosto.

1222


PUBLICIDADE

Ela segurava uma faca de cozinha serrilhada em sua mão, seguindo os planos que Kevin havia ensinado. Lisa acordou com Sabrina a esfaqueando brutalmente.

A filha mais velha de Lisa correu para dentro, depois de ouvir os gritos de sua mãe, e tentou puxar Sabrina, mas não foi capaz impedi-la.

A menina de três anos de idade estava escondida no guarda-roupa de sua mãe e gritando implorando por sua vida. A filha mais velha telefonou para a polícia dizendo que a mãe iria morrer.

Quando a polícia chegou, eles encontraram Sabrina coberta de sangue, ainda segurando a faca.

Lisa, de 41 anos, foi declarada morta na cena do crime. Ela tinha 178 facadas em seu corpo.

Com Sabrina sob custódia no valor de quase 2 milhões de reais, a polícia se esforçou para entender por que a jovem mataria com tanta raiva a própria mãe. Enquanto isso, Kevin rapidamente ficou com o seguro de vida da mulher.

Ele fez aulas de voos, comprou carros e armas novas, continuando a viver na mesma casa que sua esposa havia sido assassinada.

Depois de seis meses, Sabrina fez um acordo e disse à polícia sobre seu relacionamento com Kevin, além do plano que ele tinha inventado.

Em agosto de 2013, Kevin acabou preso e acusado de agressão íntima e conspiração para cometer assassinato.

Quando foi a julgamento em junho deste ano, a prova de Sabrina contra ele selou seu destino. Ele foi considerado culpado e condenado à prisão perpétua. Kevin se recusou a falar e insistiu que iria recorrer.

Em setembro, Sabrina se declarou culpada de homicídio qualificado e, como parte de seu acordo, ela sabia que enfrentaria a vida na prisão com uma chance de liberdade condicional após 30 anos.

Ela prestou depoimento e disse que sua relação íntima com Kevin tinha começado quando ele lhe pediu uma massagem. Quando perguntada por que matou Lisa, ela disse: “Porque eu estava fazendo o que me disseram para fazer.”

O juiz Richard L. Collins disse que Sabrina merecia prisão perpétua sem condicional, mas como ajudou a esclarecer o caso, obteve o benefício.

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo