Gadoo - Notícias e Curiosidades

Pai mata filho bebê agitando-o brutalmente e causando lesões no cérebro equivalentes às de um acidente de automóvel

Compartilhe:

O pai de um menino de 11 meses de vida foi condenado a 10 anos de prisão depois que o agitou tão brutalmente que causou ferimentos como se a criança tivesse sido atropelada por um carro.

Paul Thomas, um homem de 29 anos de Telford, em Shropshire, na Inglaterra, foi condenado pelo homicídio de seu filho Oliver Sargent.

O pai causou ferimentos equivalentes aos de uma batida de carro a 65 km/h.

Inicialmente Paul acusou seu cão de estimação, Rocco, de ter ferido seu filho até a morte, mas o tribunal descobriu que os ferimentos que deixaram a criança com danos cerebrais irreversíveis e devastadores foram causados pelo próprio pai da criança.

Pai mata filho bebê agitando-o brutalmente e causando lesões no cérebro

Paul Thomas, de 29 anos, de Telford em Shropshire, na Inglaterra, matou seu filho de 11 meses, Oliver Sargent, depois de causar-lhe fraturas como se ele tivesse sido atropelado.

Oliver morreu em 27 de julho de 2012, quatro dias após uma ligação do pai para a emergência dizendo que o filho havia parado de respirar.

22


PUBLICIDADE

Porém, uma tomografia computadorizada revelou que a criança havia sofrido uma fratura de 8,5 centímetros do lado esquerdo traseiro de seu crânio, bem como uma hemorragia do lado direito de seu cérebro.

Embora transferido para uma unidade especializada no hospital de Birmingham, Oliver faleceu.

222

Os testes post-mortem revelaram 13 marcas diferentes em seu corpo e rosto.

Não se sabe o que motivou a agressão de Paul ao filho.

2222

222222

22222

Fonte: Daily Mail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo