Gadoo - Notícias e Curiosidades

Pais vão a tribunal para exigir que filho de 29 anos saia de casa

Compartilhe:

Pais em Pequim foram obrigados a abrir um processo contra seu o Xu Qing, de 29 anos, que se recusava a sair da casa da família, sete anos após a graduação da universidade.

Os pais de Xu se casaram em 1980 e tiveram seu filho cinco anos depois. Enquanto crescia, o casal amava o menino, dando-lhe tudo o que ele pedia.

Xu conseguiu entrar para uma universidade respeitável, mas não muito tempo depois se mudou de seu dormitório, dizendo a seus pais que não podia se dar bem com seus companheiros de quarto. Sua mãe então o levou de volta para casa.

Pais vão a tribunal para exigir que filho saia de casa

Pais foram ao tribunal para exigir que o filho de 29 anos de idade, que se recusa a trabalhar após se formar, saia de casa.

Após a graduação, como acontece com a maioria dos estudantes, Xu disse que era difícil conseguir um emprego. Seu pai então arrumou um cargo na empresa de seu amigo, mas três meses depois o filho disse que trabalhar era chato, largando o emprego e ficando em casa dormindo, navegando na internet todos os dias e pedindo dinheiro aos pais.


PUBLICIDADE

O jovem encontrou uma mulher na internet em 2013 e a convidou para ir a sua casa. Após o fato ele disse para os pais que mesmo não possuindo um trabalho tinha o direito de amar alguém, afirmando que os pais tinham a obrigação de cuidar dele.

Os pais de Xu não tiveram escolha a não ser levar a questão ao Tribunal Haidian, que ordenou o jovem a sair de casa no prazo de 60 dias. No entanto ele se recusou a cumprir a obrigação instituída pela lei.

Seus pais então tiveram que recorrer ao tribunal mais uma vez para forçar o filho a sair.

De acordo com a lei, os pais de Xu não são obrigados a apoiar o filho, já que ele é capaz mas se recusa a trabalhar. Como a casa que ele vive está em nome dos pais, eles podem exigir que ele saia.

Fonte: Shanghaiist

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo