Gadoo - Notícias e Curiosidades

Pitbull perigoso que espera há dois anos pela pena de morte ganha direito de se exercitar após clamor público

Compartilhe:

Um cão considerado perigoso e que estava trancado em uma pequena gaiola de 1×3 metros esperando para ser morto, foi colocado em um lugar maior após um enorme clamor público.

A pitbull Stella foi levada para um canil que possui uma área de exercícios, após o apelo de seu proprietário, Anthony Hastie, ter ganhado dimensões públicas e a situação em que o animal se encontrava ter gerado revolta em muitas pessoas.

Esse foi o primeiro “gosto de liberdade” para a cadela, desde que foi apreendida pela polícia no ano de 2014 em Devon, na Inglaterra. Stella foi condenada à morte pela Torquay Magistrates Court, em 8 de fevereiro.

Seu proprietário apresentou um recurso contra a ordem e enquanto aguardava o resultado a cadela foi transferida para o canil.

A Polícia de Devon e Cornwall afirmou que durante a apreensão, após um exame, Stella mordeu um cão três vezes na capa protetora que ele estava usando.

Ela tem características de um cão pitbull terrier, uma raça proibida de cão de acordo com a lei “Dangerous Dogs Act 1991”.


PUBLICIDADE

Pitbull perigoso que espera há dois anos pela pena de morte ganha direito de se exercitar

Cão pitbull Stella, considerado perigoso e que espera para ser morta, ganhou o direito de se exercitar pela primeira vez em dois anos após enorme clamor público. Foto: SWNS

Foto: SWNS

Foto: SWNS

Foto: SWNS

Foto: SWNS

Imagem: Laura Khanlarian. Foto: SWNS

Imagem: Laura Khanlarian. Foto: SWNS

Foto: SWNS

Foto: SWNS

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo