Gadoo - Notícias e Curiosidades

Por que os jovens não querem mais comprar carro e a sonhada casa própria?

Compartilhe:

Sabe por que os jovens não querem mais comprar carro e a sonhada casa própria?

Você certamente já percebeu que as pessoas com mais de 50 anos, de uma maneira geral, tinham objetivos de vida diferentes dos das pessoas que hoje têm entre 30 e 35 anos (também de uma forma geral).

Antigamente, o ideal de sucesso e realização de uma pessoa era o de conquistar um carro e uma casa, mas nos dias atuais isso parece ter mudado.

Jovens com a faixa etária de 30 a 35 anos são da chamada “geração Y”, e diversos estudos especializados evidenciaram que cada vez menos pessoas desta geração compram uma casa. Além disso, o número dos que são interessados em adquirir um carro é ainda menor.

Esta geração não faz muitos gastos grandes, a não ser com coisas como iPhones, por exemplo. Para alguns sociólogos o fato de os jovens de hoje terem essa postura se deve a um comportamento consciente.

Por que os jovens não querem mais comprar carro e a sonhada casa própria?

Sabe por que os jovens não querem mais comprar carro e a sonhada casa própria? As visões de mundo das pessoas mudaram. A “geração y” tem outras preferências.

Funciona assim, essa geração sabe que pode enfrentar crises financeiras e, com isso, não faz grandes dívidas.


PUBLICIDADE

Dessa forma eles preferem alugar um imóvel ao invés de assumir uma dívida de 40 anos com a casa própria, por exemplo. Esses jovens entendem que sucesso é outra coisa, diferente do que era para seus pais.

Outro ponto interessante é que existe uma valorização em quem investe o próprio dinheiro em experiências, viagens e aventuras.

Além disso, atualmente, as pessoas preferem ter horários de trabalho mais flexíveis, independência geográfica e também econômica.

Os bens materiais estão deixando de interessar. Por exemplo, por que ter um carro se há transporte público, táxis, enfim, outras alternativas?

Por que ter uma casa se não sabemos nem se daqui a 4 meses teremos que mudar de cidade à trabalho? Ou até trocar de residência em uma mesma cidade, para ficar mais perto do trabalho.

A revista Forbes levantou a informação de que os jovens contemporâneos trocam de trabalho três vezes por ano, em média.

As pessoas parecem estar mais interessadas em gastar dinheiro com experiências e não adquirindo bens, isso no que diz respeito à felicidade e a sensação de bem estar.

O último ponto é o de que se você tem um bem material caro, tem que se preocupar com o zelo por ele (se for danificado, roubado ou se desvalorizar muito – um claro exemplo de desvalorização é o da recessão do mercado imobiliário do nosso país).

Fonte: Incrivel.club

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo