Gadoo - Notícias e Curiosidades

Presidiário arranca olhos de companheiro de cela com lápis depois de assassinar irmão por “sentir vontade de matar”

Compartilhe:

Um presidiário que havia sido preso no último mês foi acusado de matar e arrancar os olhos de um companheiro de cela dentro da prisão. O caso ocorreu em Maricopa, Phoenix, EUA.

Andrew Ward, de 27 anos, foi acusado de assassinato em primeiro grau após a morte de Douglas Walker, de 33 anos, na última quarta-feira (2). A vítima foi “esfaqueada” nos olhos com um lápis de golfe. O acusado ainda usou uma carta de baralho plástico para cortar a garganta do homem.

Andrew havia sido detido após se declarar culpado de matar seu “meio-irmão”, em 12 de março, alegando que havia “sentido vontade de matar”. O menino recebeu diversas facadas no corpo.


PUBLICIDADE

Andrew Ward(à esquerda) assassinou Douglas Walker (à direita) arrancando seus olhos com um lápis

Andrew Ward(à esquerda) assassinou Douglas Walker (à direita) arrancando seus olhos com um lápis

Fonte: NY Daily News

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo