Gadoo - Notícias e Curiosidades

Sabia que alguns homens e mulheres não podem ter relações íntimas por condições médicas?

Compartilhe:

Para quem tem relações íntimas regularmente ou com certa frequência, ficar sem fazê-las pode ser algo difícil a se adaptar.

Mas você sabia que existem situações que impossibilitam algumas pessoas, de ambos os sexos, de terem momentos de intimidade na cama?

Isso mesmo, trazemos nessa matéria duas das condições mais comuns: o vaginismo e a disfunção erétil.

A primeira trata-se de um distúrbio que provoca um endurecimento persistente e involuntário dos músculos ao redor da vagina sempre que algo tenta penetrá-la, ou seja, ela se fecha.

Lara Parker, uma mulher que possui a condição, relatou como é tê-la. Entre suas palavras, ela disse que sentiu dor e humilhação em suas duas primeiras tentativas de ter relações (mesmo no contexto de auto-exploração) e as classificou como “extremamente desagradáveis”.

Sabia que alguns homens e mulheres não podem ter relações íntimas?

Você sabia que existem pessoas que não podem ter relações íntimas? Isso se deve a condições médicas como o vaginismo e a disfunção erétil. Foto: Getty Images

A condição pode ter causa física ou psicológica. Se física, existem medicamentos que podem ser usados no tratamento. Se psicológica, os médicos costumam recomendar a terapia sexual, bem como a utilização de “formadores vaginais” (também conhecidos como dilatadores vaginais) e técnicas especiais de relaxamento.


PUBLICIDADE

E se tudo falhar, não significa que essas mulheres não terão prazer. Elas podem desfrutar de ato íntimo por via oral.

Já a disfunção erétil significa, basicamente, que um homem não pode ter ou manter uma rigidez do membro por tempo suficiente para ter relações. A condição atinge homens em idades mais avançada, mas também os mais jovens, na faixa de 20 a 40 anos, podem sofrer dela.

De acordo com um artigo do site Vanity Fair, mulheres jovens alegaram ter notado o problema em homens de idades variadas e a condição tem sido associada a uma séria de aspectos da vida moderna, como os alimentos processados, por exemplo.

Para se tratar, se você tem disfunção erétil, o primeiro passo é parar de fumar, beber menos, e parar de tomar quaisquer drogas recreativas. Alguns meses depois o problema deve melhorar. Além disso, alguns homens também podem ter resultados com terapia psicossexual. Se tudo falhar, você pode usar medicamentos como o Viagra.

Mas antes de qualquer coisa, seja homem ou mulher, você deve procurar um médico.

Fonte: Metro

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo