Gadoo - Notícias e Curiosidades

Síndrome rara deixa mulher com perna gigante pesando 107 kg

Compartilhe:

Mandy Sellars, de 39 anos, sofre de uma condição que fez sua perna crescer desproporcionalmente, atingindo um tamanho enorme.

A perna direita de Mandy pesa incríveis 107 quilos. Ela teve parte de seu membro esquerdo amputado em janeiro de 2010, ao contrair septicemia.

A mulher nunca pôde usar saias ou vestidos, e tem suas calças feitas pela mãe. Mandy, que viveu com olhares, risinhos e comentários rudes toda a sua vida, depois de ter nascido com a doença, disse: “Quando eu saio, as pessoas olham ou riem, mas isso não me incomoda. Não vou deixar de viver a minha vida por isso.”

Mandy nasceu com uma forma rara da síndrome de Proteus. Sua condição específica afeta apenas outras dez pessoas no mundo. Ela disse: “Meus pais me trataram como qualquer outra criança. Se eu quisesse subir em uma árvore, eles deixavam. Foi somente em meus dias de adolescência que eu realmente fiquei ciente de que era diferente das outras pessoas. Foi um momento difícil. Mas você se aceita mais à medida que envelhece.”

55


PUBLICIDADE

Agora, o especialista, Doutor Robert Semple e sua equipe, no Hospital Addenbrooke em Cambridge, acreditam ter isolado o gene que causa a condição em Mandy, e desenvolveram medicamentos para parar o crescimento.

555

Desde que ela começou a tomar os comprimidos suas pernas já começaram a encolher.

“Eu ainda estou tentando andar e espero que isso vá acontecer”, diz ela.

Mandy vive uma vida plena e principalmente independente, apesar de ser confinada a uma cadeira de rodas.

A condição não afetou sua vida amorosa. “Eu tive dois namorados de longo prazo”, disse ela.

“Eu só quero ser feliz e saudável. Eu duvido que algum dia haverá uma cura para mim, mas espero que haja para outros como eu no futuro,” finaliza Mandy.

Fonte: Daily Star

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo