Gadoo - Notícias e Curiosidades

Vida alienígena pode ser descoberta nos próximos 20 anos

Compartilhe:

Astrônomos estão chegando a um novo patamar para uma grande exploração espacial que poderá encontrar a evidência de vida extraterrestre nos próximos 20 anos, de acordo com um especialista.

A vida fora da Terra parece “inevitável”, dada a imensidão do universo, de acordo com a cientista planetária dos EUA, doutora Sara Seager.

Nas próximas décadas, as impressões digitais químicas da vida escrita nas atmosferas de planetas que orbitam estrelas próximas poderão ser encontradas por uma nova geração de telescópios espaciais sofisticados.

Os astrônomos agora sabem que, estatisticamente, cada estrela em nossa galáxia, a Via Láctea, deve ter pelo menos um planeta, e pequenos mundos rochosos como a Terra são comuns de estarem presentes.

Vida alienígena pode ser descoberta nos próximos anos

Evidências de vida alienígena podem ser descobertas nos próximos anos graças a telescópios espaciais sofisticados.

“Nossa própria galáxia tem 100 bilhões de estrelas e nosso universo tem mais de 100 bilhões de galáxias, tornando a chance de existir vida em outro lugar real, com base em mera probabilidade”, disse Seager.

Nas próximas uma ou duas décadas, vários exoplanetas potencialmente habitáveis terão sido encontrados, com ambientes que podem ser estudados em detalhes por telescópios espaciais.


PUBLICIDADE

O primeiro desses telescópios da próxima geração será da agência espacial norte-americana, o Telescópio da Nasa James Webb (JWST), que deverá ser lançado em 2018.

Ele será capaz de analisar as atmosferas de dezenas de “super-Terras”, planetas rochosos pouco maiores do que a Terra, incluindo vários que poderiam abrigar vida.

Estudar atmosfera de um planeta por sinais de vida envolve a captura de filtragem da luz das estrelas por meio de seus gases.

Diferentes elementos absorvem distintos comprimentos de onda de luz, fornecendo informações sobre a composição da atmosfera.

Os seres vivos, das bactérias aos animais de grande porte, são esperados para produzirem gases que poderiam ser detectados na atmosfera de um planeta. Eles incluem oxigênio, ozônio, óxido nitroso e metano.

O problema enfrentado pelos cientistas é que alguns deles, tais como o metano, podem ser gerados por processos geológicos, bem como a vida.

A probabilidade de “falsos positivos” poderia ser reduzida através da procura de gases raros bioassinaturas, mais intimamente ligadas aos sistemas vivos, como o dimetil sulfeto (DMS) e methanethiol, disse a Dra. Seager.

Ela acrescentou: “Nós estamos em um grande patamar na história da exploração espacial humana. Se a vida é predominante em nossa vizinhança da galáxia, está ao nosso alcance ser a primeira geração na história da humanidade a finalmente cruzar este limiar e aprender se houver qualquer tipo de vida fora da Terra”.

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo