Gadoo - Notícias e Curiosidades

Vídeo: mulher de 25 anos começa a encolher devido à condição rara que a fez medir mesma altura de bebê de 4 meses

Compartilhe:

Uma mulher de 25 anos de idade começou a “encolher” supostamente devido a uma condição rara congênita e mede 60 centímetros, altura de um bebê de quatro meses de idade.

Kunti Kumari, que vive em uma área longínqua em Chatra, no estado indiano de Jharkhand, está acamada há oito anos.

Ela é extremamente fraca e depende de sua mãe, Tilakwa Devi, de 60 anos (e viúva há 12), para realizar suas necessidades básicas.

Tilakwa contou que a condição médica atingiu a filha na adolescência e que despois disso a jovem perdeu as forças para andar.

Kunti relatou que em 2007 passou por uma cirurgia na perna esquerda por ter problemas com o membro, mas um mês após o procedimento não conseguia movê-lo.

Mulher de 25 anos começa a encolher devido à condição rara

Kunti Kumari, mulher de 25 anos que vive em Chatra, Índia, mede 60 centímetros de altura supostamente devido à rara doença congênita “Osteogênesis Imperfecta”. Foto: Caters

Atualmente mãe e filha estão na esperança de que um milagre que possa curar a doença.

Foto: Caters

Foto: Caters

Elas estão recebendo ajuda financeira de outros moradores de sua região, que inclusive buscam oferecer à Kunti a possibilidade de receber ajuda médica na cidade.


PUBLICIDADE

Dr. Satyendra Singh, um cirurgião de Chatra, foi informado sobre a condição da menina e acredita que ela esteja sofrendo com uma rara doença óssea.

Foto: Caters

Foto: Caters

“Isto parece um caso grave de Osteogênesis Imperfecta”, afirmou. Segundo informou, a condição não tem cura, mas medicamentos podem ajudar a proporcionar à paciente algum alívio.

Foto: Caters

Foto: Caters

Foto: Caters

Foto: Caters

Foto: Caters

Foto: Caters

Foto: Caters

Foto: Caters

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo