Gadoo - Notícias e Curiosidades

Você sabia que desde a última terça-feira (30) os eleitores brasileiros não podem ser presos?

Compartilhe:

Por conta do primeiro turno das eleições nacionais, cuja votação ocorre no próximo domingo (5), nenhum eleitor poderá ser preso ou detido. A regra faz parte do Código Eleitoral.

A medida sempre passa a valer cinco dias antes da eleição. Ela sai de vigor após 48 horas do término do pleito.

Claro que existem exceções para os casos. Caso o indivíduo seja flagrado em delito ou uma sentença criminal condenatória por crime inafiançável caia sobre ele, este poderá sim ser preso dentro do prazo estabelecido. Além disso, desrespeito a salvo-conduto (habeas corpus) também faz parte das exceções para o caso.


PUBLICIDADE

A regra volta a vigorar para o segundo turno eleitoral, cuja votação ocorre no dia 21 de outubro. Dessa forma, à partir do dia 21 de outubro até as 48 horas após o encerramento da eleição de 2014 nenhum eleitor poderá ser preso caso não esteja enquadrado nas três exceções citadas acima.

No caso dos candidatos, a vigência ocorre 15 dias antes do primeiro turno.

Eleitores não podem ser presos desde 5 dias antes da votação.

Uma medida adotada pelo Código Eleitoral impede eleitores de serem presos desde 5 dias antes da votação.

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo