Gadoo - Notícias e Curiosidades

15 alimentos capazes de reduzir o risco de depressão, ansiedade e de ataque cardíaco

Compartilhe:

Atualmente, muitas pessoas sofrem com a falta de concentração e com a insônia, além de outros problemas como depressão e ansiedade. Isso pode ser um sinal de carência de magnésio.

Antigamente, as pessoas consumiam mais alimentos com essa substância. Hoje em dia, as comidas são baseadas em fast foods e frituras, ou seja, praticamente não existe ingestão de magnésio.

De acordo com um estudo realizado pelo National Institutes of Health, nos Estados Unidos, os homens precisam de 400 a 420 mg dessa substância por dia, já as mulheres necessitam de 310 a 320 mg por dia.

Uma alimentação rica em açúcar refinado, carboidratos simples ou baseada em alimentos processados possui deficiência de magnésio. E é necessário o consumo de uma grande variedade de legumes diariamente para garantir este elemento.

Alimentos capazes de reduzir o risco de depressão, ansiedade e de ataque cardíaco

Seleção traz 15 alimentos capazes de reduzir o risco de ansiedade, depressão e de ataque cardíaco. Foto: saudedica

O recomendado é fugir de bebidas alcoólicas, antibióticos e diuréticos, já que os mesmos impedem a boa absorção dos nutrientes.

O nosso organismo só consegue manter de 30 a 40% de magnésio, neste caso, não há problemas em consumir a substância em excesso, já que nosso corpo expulsa tudo através da urina.

É importante consultar um bom nutricionista para definir como adquirir uma boa suplementação de magnésio.


PUBLICIDADE

Este elemento é capaz de estabilizar os nervos, relaxar os músculos, equilibrar os batimentos cardíacos, regular a pressão arterial e os níveis de açúcar no sangue e fortalece os ossos.

O ideal é melhorar a dieta, consumindo folhas verdes, como espinafre, legumes, nozes, sementes e cereais integrais. Se possível, prefira alimentos orgânicos.

Veja outros elementos capazes de suprir esta necessidade:

1. Iogurte

2. Banana

3. Salmão

4. Manteiga de amendoim

5. Cacau/chocolate amargo

6. Castanha de caju

7. Coentro

8. Manjericão

9. Amêndoas

10. Espinafre

11. Acelga

12. Feijões (o preto principalmente)

13. Sementes de abóbora

14. Abacate

15. Figos

É importante salientar que mesmo consumindo esses alimentos, ainda há risco de ter déficit de magnésio, pois grande parte dos solos, incluindo o brasileiro, é pobre nesse mineral. Portanto, os alimentos produzidos nesses solos podem ser pobres em magnésio.

Neste caso, como resolver essa deficiência? Unindo alimentação com suplementação, e para isso é importante consultar um médico ou nutricionista.

Realizar o equilíbrio deste mineral no corpo não é fácil. Isso porque ele trabalha juntamente com o cálcio, a vitamina D e a vitamina K2.

Caso você consuma muito cálcio e pouco magnésio, pode, por exemplo, desencadear um problema cardíaco sério. Portanto, o segredo está na ingestão adequada de cada elemento.

Atenção: as informações contidas neste post não substituem uma consulta com um médico ou nutricionista. Procure sempre um especialista!

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo