Gadoo - Notícias e Curiosidades

5 remédios naturais capazes de acabar com a rinite alérgica

Compartilhe:

A rinite alérgica é uma doença que atinge muitas pessoas, e normalmente é ocasionada por uma reação alérgica a elementos como ácaros, pelos de animais e pólen de árvores e plantas.

Alguns dos sintomas incluem: espirros repetitivos, coceira ocular, congestão ocular, lacrimejamento constante, coceira nasal, tosse e mucosidade aquosa.

Alguns indivíduos podem apresentar: irritabilidade, falta de apetite, insônia, dores de cabeça e até depressão.

Atenção: se você apresentar alguns dos sintomas acima, é importante procurar um especialista para realizar exames e comprovar ou não o problema.

Geralmente o tratamento é realizado à base de anti-histamínicos e evitando o contato com os alergênicos. Há alguns alimentos e remédios naturais que também podem ajudar.

Confira:

1. O alcaçuz (ou regaliz): muito usada na medicina tradicional chinesa devido suas propriedades anti-inflamatórias, é indicada como tratamento natural para alergias, pois possui uma série de princípios com atividade parecida a dos glicocorticoides. Além disso, pode ajudar a combater a tosse e ajuda a expectorar. Pode ser utilizada também como infusão, extrato, pastilhas ou mesmo chupar a raiz para extrair seu sumo. Atenção: pessoas hipertensas e que fazem uso de alguma medicação deverão consultar um médico antes de usar o remédio natural.

Remédios naturais capazes de acabar com a rinite alérgica

Seleção traz 5 remédios naturais capazes de acabar com a rinite alérgica. É importante sempre procurar um médico para diagnóstico.

2. A urtiga: trata-se de uma planta altamente depurativa, que auxilia bloqueando os efeitos da histamina em sujeitos alérgicos, principalmente ao pólen. Também ajuda na evacuação e a refrear a produção de mucosidade e crises de tosse produzidos, principalmente, pela alergia ao pólen e pela reação a outros alergênicos. Pode ser consumida como extrato ou infusão, e também preparada em sopas. Lembre-se sempre de usar luvas para manusear a planta.


PUBLICIDADE

2

3. O mel e o pólen: o mel possui pequenas quantidades de pólen, e quando consumimos, nosso organismo fica exposto a este alérgeno, fazendo com que nos acostumemos com ele, reduzindo, assim, a reação alérgica. Experimente consumir o pólen de abelha aos poucos. Caso note algum tipo de reação, pare imediatamente.

4. O chá verde: ele possui um composto que impede a produção de histamina, reduzindo e aliviando a reação e os sintomas da alergia. Podem ser consumidas duas ou três xícaras deste chá diariamente. Também pode ser usado o extrato ou comprimidos dele.

4

5. A cúrcuma: trata-se de uma especiaria com poder antioxidante, anticancerígena, anti-inflamatória e que também contém outras propriedades. Ela ajuda no bloqueio da imunoglobulina, prevenindo e reduzindo os sintomas de alergias em geral. Pode ser consumida em diversos pratos, e em algumas sobremesas.

Na nossa alimentação, devemos evitar produtos que contenham muita histamina, como, por exemplo: embutidos, mariscos, queijo curado, principalmente a parte da casca, peixe cru, em conserva ou semiconserva, carnes e peixes curados e defumados, e legumes (principalmente grão de bico, soja e seus derivados).

Devemos ter atenção ao consumir estes alimentos, e evitá-los em momentos de crises.

Lembre-se sempre de que este é um post informativo, e não substitui uma consulta com um médico. Procure sempre um especialista!

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo