Gadoo - Notícias e Curiosidades

Empresa farmacêutica aumenta em 5.000% preço de medicamento para pacientes com AIDS para lucrar com venda do remédio

Compartilhe:

Uma empresa farmacêutica divulgou um aumento de 5.000% o preço de em um medicamento usado por pacientes contaminados com AIDS.

Martin Shkreli, executivo-chefe da “Turing Pharmaceuticals”, dos EUA, empresa farmacêutica fabricante da Pirimetamina, comercialmente chamado como Daraprim, anunciou recentemente o aumento do valor do produto.

A medicação é utilizada no tratamento da toxoplasmose, doença que atinge pacientes com o sistema imunitário comprometido, como no caso dos portadores do vírus da AIDS.

Cada pílula do medicamento passaria de US$ 13,50 para US$ 750 (o equivalente a cerca de R$ 55 e mais de R$ 3.000, respectivamente). Ele justificou a posição da empresa dizendo que o valor anterior era demasiadamente baixo e que a empresa precisava gerar lucros a fim de gastar em novas pesquisas e desenvolvimento.


PUBLICIDADE

Empresa farmacêutica aumenta em 5.000% medicamento para pacientes com AIDS

“Turing Pharmaceuticals”, empresa farmacêutica dos EUA, divulgou aumento de 5.000% em medicamento usado por pacientes contaminados com AIDS.

Mas a história causou indignação entre os pacientes, sociedade médica, entre outros setores, e teve repercussão no mundo inteiro.

Martin, então, anunciou, posteriormente ao primeiro comunicado, que a empresa concordou em baixar o preço da medicação a um patamar mais acessível e capaz de dar lucro a ela, mas “um lucro muito pequeno”, como mencionou em suas próprias palavras.

O custo final ainda está sendo determinado.

A Sociedade Americana de Doenças Infecciosas desaprovou publicamente a atitude de Martin e da empresa, através de uma carta.

Fonte: TheGuardian

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo