Gadoo - Notícias e Curiosidades

Ser feliz demais pode causar ataque cardíaco, afirmam cientistas

Compartilhe:

Um novo estudo descobriu que ser feliz demais pode provocar um ataque cardíaco.

Os cientistas descobriram que o estresse emocional extremo a partir da “alegria” pode causar o enfraquecimento potencialmente fatal do coração.

A nova descoberta veio depois que os pesquisadores analisaram dados de 1.750 pacientes diagnosticados com Síndrome de Takotsubo (ou TTS) em nove países.

A condição foi diagnosticada na década de 1990 e ocorre tipicamente após episódios como a morte de um cônjuge ou de seus pais, o fim de um relacionamento ou no caso de ser diagnosticado com câncer, por exemplo.

20 dos 485 pacientes que sofreram com a síndrome tiveram o dano cardíaco desencadeado por ocasiões felizes, incluindo uma festa de aniversário, casamento, celebração surpresa, o nascimento de um neto ou quando seu time favorito ganhou um jogo importante. Já com os outros pacientes, o dano se deveu a episódios tristes.

Ser feliz demais pode causar ataque cardíaco

Novo estudo descobriu que ser feliz demais poderia provocar um ataque cardíaco. A Síndrome de Takotsubo (ou TTS) também pode ser precedida por emoções positivas. Foto: Getty

Dra. Jelena Ghadri, do Hospital Universitário de Zurique, na Suíça – onde o primeiro registro TTS do mundo se baseou – afirmou que a doença também pode ser precedida por emoções positivas.


PUBLICIDADE

Foto: Getty

Foto: Getty

Os pacientes com a anomalia são propensos a terem dores no peito e falta de ar, além do risco de um ataque cardíaco potencialmente fatal.

Foto: Getty

Foto: Getty

Um dado chamou a atenção: 95% das vítimas do TTS (seja por motivos tristes ou felizes) eram mulheres. A idade média do grupo “triste” era de 65 anos e a do grupo “feliz” de 71. Os resultados foram publicados no “European Heart Journal”.

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo