Gadoo - Notícias e Curiosidades

Novas tecnologias prometem revolucionar tecnologias de construção em arranha céus

Compartilhe:

Recentemente a fabricante dos elevadores finlandesa KONE revelou uma nova tecnologia voltada para o içamento que permite para os elevadores deslocar o dobro da distância máxima existente atualmente. Este é um novo desenvolvimento que significa que o Burj Khalifa não deverá ser o edifício mais alto do mundo por muito tempo. O arranha céu que tem uma altura de mais de 828 metros de altura apresenta uma distância máxima percorrida por seus elevadores de pouco mais de 504 metros de altura. Com isto a Kone pretende dobrar este número realizado.

Saiba mais sobre a tecnologia do elevador mais rápido do mundo

Botão de elevador

Tecnologia na construção

O elevador considerado como o mais rápido do mundo, que é fornecido pela Toshiba e é instalado no Taipei 101 trafega a uma velocidade equivalente de pouco mais de 54 km/h e transporta os seus passageiros do térreo até a sua cobertura em pouco menos de 30 segundos. Com isto os elevadores utilizados no edifício mais alto do mundo viajam a pouco mais de 35 km/h. Por isso cada vez mais o transporte de forma vertical deverá ser mais acessível, e edifícios mais altos cada vez mais devem se tornar uma grande realidade.


PUBLICIDADE

Sobre a nova tecnologia de içamento que foi desenvolvida e contabilizada pela empresa Kone que é chamada de UltraRope tudo isto poderá substituir o tradicional cabo de aço por um que tenha um núcleo em fibras de carbono, e o revestimento deverá ser de alta fricção. Estre é um cabo extremamente leve e reduz o consumo de energia elétrica do edifício, tudo porque o peso total dos componentes de içamento são bem reduzidos. Em um edifício de pouco mais de 800 metros de altura, a carga total é uma fração da carga dos elementos convencionais que fazem a força e a utilização dos cabos de aço.

Os cabos criados em fibra de carbono deverão apresentar outras vantagens, dentre elas a Kone diz que já que a fibra de carbono deverá vir em uma frequência bem diferente do aço e da maioria dos componentes existentes dos edifícios. Além disto os períodos de inatividade dos elevadores que é causado pela oscilação do edifício deverá ser bastante reduzido. O cabo conta ainda com o dobro de vida útil de um cabo de aço que é convencional, e ainda requer uma menor quantidade de manutenção, por isso temos uma redução de desperdício de materiais e também baixos impactos ambientais.

Tudo isto é um grande avanço em tecnologias de elevadores, pois um dos maiores limitantes de toda a distância percorrida dos elevadores é que em torno de alturas a mais de 500 metros o peso do cabo de aço acaba se tornando insuportável.

Vale citar que no site da empresa, pelo endereço http://download.kone.com/ultrarope/index.htm é possível se verificar um pouco mais sobre a nova tecnologia. Vale citar que acima de tudo a localização aproximada dos locais poderão indicar uma cidade ou um país e não necessariamente um endereço que pudesse ser exato onde existe a tecnologia empregada.

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo