Gadoo - Notícias e Curiosidades

17 relatos de internautas que aprenderam arduamente que a ganância humana não tem limites

Compartilhe:

Alguns internautas mostram em relatos da vida real como a ganância humana impressiona negativamente.

Essa ganância pode não ter limites. Pessoas utilizam de todos os trunfos para se darem bem, mesmo que isso abale suas relações com alguém que antes era importante na vida delas.

Você provavelmente já presenciou algum fato onde a ganância humana prevaleceu, não é verdade?

Então leia os relatos de internautas que passaram por situações até constrangedoras por conta desse sentimento de ganância que ainda permeia nossa sociedade.

Histórias vão te surpreender

  • Concordei em ir a um encontro com um cara que conhecia. Ele me levou ao seu restaurante favorito e fez a festa: entrada, prato principal, sobremesa. Sou vegetariana e todos os pratos tinham carne. Ele não sabia disso e nem me dei o trabalho de explicar. Só tomei um chá. Na hora que chegou à conta, ele se ofereceu para dividir. Pela metade! Ele queria era apenas um jantar de graça nas minhas costas. Joguei o dinheiro na mesa (ainda bem que trabalho) e saí. © Overheard / Ideer

  • Minha amiga conseguiu um emprego em um petshop. A loja era nova, tinha acabado de abrir, era tudo legal e agradável, exceto que não tinha horário de almoço. A jornada de trabalho era de 11 horas (das 9h às 20h). Minha amiga tinha de almoçar de alguma forma, então levava uma marmita, mas não tinha como aquecer porque não tinha micro-ondas. Quando os funcionários pediram por esse eletrodoméstico, o patrão respondeu: “Se vocês trabalharem bem, compraremos o micro-ondas. Esta é sua motivação agora!” Uau! E grandes corporações ainda estão trabalhando arduamente para desenvolver um sistema eficaz de motivar os funcionários. © TaichiOno / Pikabu
  • Uma vez, minha avó comprou para mim e minha irmã roupas íntimas usadas em uma feira de garagem. Meu pai ficou bem chateado porque ela era bem de vida. © mo799 / Reddit
  • Me lembro de uma festa corporativa que tivemos no trabalho. Na manhã seguinte, fomos assistir ao vídeo do evento: estava todo mundo dançando, e uma colega juntou a comida da mesa em sua bolsa e foi para casa enquanto estávamos na pista. © Anna Bogdan / Facebook

Histórias surpreendentes

  • Estou separada há três anos do meu ex. Ele se comportou de forma repugnante no término: levou tudo, até o pote de açúcar e um potinho com moedas. Hoje sou casada e tenho um filho. Nos esbarramos por acaso. Meu ex viu um coelhinho de brinquedo que havia me dado nas mãos do meu filho e exigiu de volta. Tive de convencê-lo a pagar pelo brinquedo, porque meu pequeno amava o coelhinho. Paguei 25 reais. © Overheard / Ideer

  • Estava voltando para casa e encontrei um colega — um jovem simpático. Decidimos nos sentar, tomar um café, comer algo e conversar. Então, ele me disse que só tinha 80 reais, e perguntou se poderia ajudar a pagar a conta. Não tive problemas em completar o valor e ainda ofereci para ajudá-lo no táxi. No dia seguinte, recebi uma ligação dele me pedindo 80 reais emprestado, explicando vagamente o motivo. Então, percebi que ele só queria receber de volta o que gastou comigo no café. © Overheard / Ideer
  • Meu pai enfiou um pedaço de papelão nos sapatos para cobrir o buraco que apareceu na sola. Para que você entenda: ele tinha outros sapatos e também dinheiro para consertar. E ainda ficou tão orgulhoso de sua engenhosidade que foi se gabar para minha mãe. E mamãe, claro, ficou horrorizada, questionando o que as pessoas iriam pensar! Papai respondeu que ninguém olha para a sola dos sapatos. E mesmo que olhem, está tudo bem. © Kathleen Alexandrakis / Quora
  • Recentemente tive uma conversa absurda com meu ex-marido. Ele me pediu para não pedir pensão alimentícia, argumentando que: “Bom, eu te alimentei enquanto você estava de licença-maternidade”. No final, percebi uma coisa: que bom que me divorciei. © Overheard / Ideer

Coisas absurdas que surpreendem pela ganância

  • Minha mãe tem um ex-namorado que ainda morava com os pais aos 40 anos, apesar de ter doutorado e seu próprio negócio. No meu aniversário de 18 anos, ele me deu um livro que — atenção — tive de devolver porque o cara só o tinha pegado emprestado na biblioteca local. © 2Guard / Reddit


PUBLICIDADE

  • Chegando no trabalho, disse em voz alta: “Tem tanta lama na rua, sujei minhas botas todinhas”. Uma colega, garota simpática, respondeu imediatamente dizendo: “Tenho lenços umedecidos! Tome!” Quando lhe agradeci e tirei um lenço, ela continuou: “Vai custar 1 real!” E ela não estava brincando! Sou uma idiota, não sou? Sempre ajudando todo mundo sem aceitar nada em troca. © Nadezhda Yurievna / Facebook
  • Uma antiga conhecida me ligou perguntando por que não conseguia enviar um e-mail no computador e pediu para que ouvisse o som que ele fazia ao dar erro. Respondi que apenas pelo barulho não conseguia identificá-lo. Ela me perguntou quando estaria pela área dela para olhar e consertar a falha. Respondi que poderia ir no dia seguinte se ela me recebesse com guloseimas. Essa conhecida respondeu com uma voz descontente dizendo que poderia ser algo que não valia a pena gastar com comida. Mesmo assim continuei a oferecer minha ajuda. Em resposta, ouvi um: “Ok, eu cuido disso sozinha”. E terminou a ligação. O bom de ser preguiçoso é que não tive de ir em lugar nenhum no dia seguinte. © gwozdedir / Pikabu

O pão-duro faz coisas que você nem imagina

  • Meu padrasto é o maior “mão de vaca” que existe. Mas o pior de tudo é quando ele anda pelos restaurantes e cafés perguntando se os clientes terminaram de comer para pegar as sobras. © modestlymousie / Reddit
  • Há uns 20 anos, fui encontrar uma amiga para passear. Ela queria usar o banheiro, e todos eram pagos. Então, andou por metade da cidade quase se urinando, procurando um banheiro mais barato. Achou um que custava 1 real. Detalhe, essa amiga ganhava muito bem. © Irina Nosenko / Facebook

  • Trabalhei em uma loja de material de construção e minha função era emitir as notas fiscais das mercadorias. Uma vez, chegou um homem e começou a encher uns sacos com areia. Fui ajudar. Ele segurava os sacos, eu colocava areia. Perguntei: “Quantos sacos você precisa ainda”. Ele respondeu: “Provavelmente mais três ou quatro”. Perguntei a forma de pagamento, ele olhou para mim e disse: “E por que deveria pagar? Comprei uma tonelada ontem, não deu, então vim pegar mais”. Fiquei chocado com a “cara de pau”, emiti a nota e o mandei para o caixa. Ele pagou e foi embora. © Smallerbee / Pikabu
  • Conheço uma pessoa que reclama constantemente com os gerentes de restaurantes sobre a comida e o serviço (que são excelentes, aliás) para ganhar uma refeição grátis, cupom, desconto ou qualquer tipo de coisa. Isso só me deixa doente. © pumpandpearls / Reddit

Até o marido pode ser o problema

  • Estou vivendo agora mesmo com um verdadeiro mesquinho. É meu marido. Ele tem um salário decente, mas moramos em uma casa tão barata que sempre fico com vergonha quando alguém vem até nós. Não há espaço nem para uma máquina de lavar! Aliás, meu salário também é normal. Acontece que meu esposo guarda a maior parte de sua renda alegando que é “para o futuro”. © Autor desconhecido / Quora
  • Minha tia alugava um quarto de um antigo companheiro que era muito pão duro. Ela tinha várias histórias interessantes sobre ele, mas a melhor de todas foi quando esse cara foi em um festival de música e, no fim, recolheu os copos que ficaram no chão, levou para casa, lavou e guardou no armário para usar. © Barbara Villiers / Quora

Bônus: às vezes, querer economizar pode ser bem estranho

  • Eu tinha um sócio, e sempre trabalhávamos juntos quando estávamos em viagens de negócios. Toda vez, no jantar, ele pedia uma sopa. Depois de ter comido tudo com gosto, tirava a rodela de limão do fundo do prato e com cuidado… colocava no chá. © Karabir / Pikabu
Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo