Gadoo

9 coisas que nenhum de nós deve proibir os filhos de fazer

Todos nós sabemos que os filhos precisam de certos limites, mas será que devemos proibir determinados comportamentos?

Muitos adultos repreendem as crianças quando estas cometem erros, e isso pode acabar prejudicando o desenvolvimento dos pequenos.

Pensando nisso, trazemos 9 coisas que nenhum de nós deve proibir os filhos de fazer.

Confira:

1. Perguntas: durante o desenvolvimento, os pequenos precisam explorar o mundo e, com isso, surgem muitos questionamentos em suas mentes. É necessário que os pais passem algum tempo com os filhos respondendo à essas questões, brincando ou lendo com eles. Dessa forma é possível criar um vínculo forte entre pais e filhos para que a relação se mantenha sempre saudável.

Seleção traz 9 coisas que nenhum de nós deve proibir os filhos de fazer. Dicas podem ajudar papais e mamães. Foto: Incrivel.club

2. Chorar: sentir-se triste às vezes é algo normal, inclusive para os pequenos, portanto não impeça que eles chorem e não se sinta constrangido por isso. Sempre que acontecer, tente resolver, compreendendo por que a criança chora e o que a incomoda.

3. Ser um pouco egoísta: assim como os adultos, as crianças também têm direito de zelar pelas próprias coisas. Portanto, não fale para seu filho que ele é egoísta, e evite dizer que as pessoas estão reclamando sobre ele.

Foto: Incrivel.club

4. Falar “não”: seu filho também tem direitos e quando ele for impedido de falar “não” os limites dele estarão sendo interrompidos.


PUBLICIDADE

5. Fazer barulho: permita que as crianças cantem e façam barulho na rua, essa fase é única, portanto, não proíba que os pequenos curtam a infância.

Foto: Incrivel.club

6. Sentir medo: isso é algo extremamente normal para uma criança, portanto não faça com que ela sinta vergonha deste sentimento. Neste caso explique que não há motivos para ficar inseguro, abrace-o e mostre que você o está apoiando.

7. Ter segredos: os pais precisam sempre acompanhar o desenvolvimento dos filhos, mas à medida que crescem, os pequenos também precisam de espaço pessoal. Neste caso, respeitar a privacidade é essencial. Não coloque em risco a confiança que seu filho tem em você procurando saber a respeito dos segredos dele.

Foto: Incrivel.club

8. Sentir certa irritação e inveja: as crianças também podem sentir emoções negativas. Na infância, a força de vontade não está completamente desenvolvida, portanto os pequenos não conseguem se controlar. Se uma emoção é considerada negativa, não significa que seu filho não deva demonstrá-la.

9. Cometer erros: adultos e crianças sentem medo de cometer erros, principalmente quando somos pressionados. Quando os pais reclamam de um erro dos filhos, é provável que o pequeno perca a motivação de fazer coisas por conta própria, pois ficará com medo de reclamações.

Foto: Incrivel.club

Fonte: Incrivel

Sair da versão mobile