Gadoo

Bebê com condição rara necessita passar creme a cada 4 horas para evitar que sua pele rache completamente

Um bebê com uma condição rara que faz sua pele ficar extremamente seca, o impedindo até de piscar os olhos, infelizmente sofrerá mesmo depois de ficar mais velho, já que não existe cura para seu problema.

Daniel Maples, de 18 meses de vida, nasceu com ictiose lamelar, que afeta apenas uma em cada 600 mil pessoas, e faz com que a pele se torne mais espessa e comece a rachar. A camada superior da sua pele cresce seis vezes mais que o normal, se tornando mais grossa.

Seus pais, Steve Maples, de 29 anos e Emma Holby, de 23, necessitam passar uma espécie de geléia médica como vaselina, a cada quatro horas, para que a pele não rache.

A Ictiose lamelar, que se desenvolve quando uma criança herda um gene anormal de ambos os pais, acelera a renovação celular da pele. A palavra ictiose vem de origem grega, e é associada a peixes. Assim a doença acabou sendo mencionada por fazer a pele lembrar escamas de peixe.

Daniel Maples sofre com rachaduras em sua pele

Outros problemas associados à doença incluem o sobreaquecimento, já que a pele grossa de uma pessoa impede a transpiração e problemas oculares causadas pela tensão da pele.

Descamação grave da pele do couro cabeludo também pode levar à perda de cabelo desigual. Os pais de Daniel estão esperando arrecadar dinheiro para o Grupo de Apoio Ictiose. Qualquer pessoa que queira doar pode fazer a contribuição clicando aqui.


PUBLICIDADE

Fonte: DailyMail

 

Sair da versão mobile