Gadoo

Gato morre após ser forçado a cheirar cocaína durante festa de jovens

Um gato de estimação morreu depois de ser forçado a cheirar cocaína durante uma festa de um grupo de jovens.

Cheeko, um felino de cinco anos de idade, estava na casa de um amigo de sua dona no momento em que a brincadeira cruel foi feita.

Nickay Grant, de 18 anos, de Buckie, no nordeste da Escócia, disse que ficou arrasada quando seu amigo lhe disse o que tinha acontecido.

O amigo estava dando uma festa em casa e um folião tentou fazer com que o animal cheirasse cocaína, e forçou a droga, com a ajuda de um dedo, na cara do animal.

Cheeko, um gato de estimação, morreu depois de ser forçado a cheirar cocaína durante uma festa de um grupo de jovens.

O jovem, então, notou que o gato não estava bem, momentos antes dele morrer.


PUBLICIDADE

Uma investigação foi aberta para apurar o caso.

Um rapaz apareceu no Facebook se negando ter envolvimento com o ocorrido, mas depois apagou a postagem.

Fonte: Mirror

Sair da versão mobile