Gadoo

Mãe com câncer terminal escreve cartas para que filha leia em datas marcantes de sua vida

Uma mãe diagnosticada com câncer terminal em 2013 resolveu tomar algumas medidas para que sua filha de 4 anos sempre sentisse que ela estaria próxima.

Heather McManamy, de 35 anos, vive em Winsconsin, nos EUA. Ela escreveu inúmeras cartinhas coloridas para que a pequena Brianna se lembrasse da mãe principalmente nas ocasiões especiais.

Desde de o diagnóstico, o câncer se espalhou para o fígado e ossos, se tornando irreversível. Os médicos afirmam que Heather deve viver mais algum tempo, mas provavelmente não será capaz de ver a filha crescer.

As covinhas são um charme a mais na aparência das mulheres.

Por esta razão, ela e seu marido Jeff começaram a planejar o futuro da filha quando a mãe não estiver por perto. Bilhetes e vídeos para foram criados para datas diversas, como noivado, casamento, formatura e aniversários. Há também outras mensagens para problemas do cotidiano, como dias difíceis, primeiro término de namoro, doença ou mesmo quando a pequena Brianna não se sentir bonita.

O processo, apesar de doloroso, acabou servindo de terapia para a mãe.

Heather afirmou que é grata por ter tido tempo de planejar tudo isso. “A maior parte das pessoas simplesmente morre. Recebi a dádiva de ter tempo para me preparar”, comentou.


PUBLICIDADE

A mãe concluiu afirmando que a filha poderá optar se quer ler as cartas ou não, mas que as lembranças vão estar sempre lá.

Fonte: Daily Mail

Sair da versão mobile