Gadoo

15 plantas de interior excelentes para energizar a casa e melhorar sua saúde

Após o período onde muita gente precisou ficar em casa, um dos prazeres que descobrimos foi cuidar de plantas. Mas você sabia que existem algumas delas que podem trazer benefícios para nós?

Um estudo da NASA revelou que o monóxido de carbono, o formaldeído, o tricloroetileno e a amônia são elementos perigosos que podem ser encontrados em quase todos os lares. E para eliminar esses e outros poluentes, as plantas entram em ação.

Sabemos que elas embelezam o ambiente, deixam o ar mais puro e a casa com mais vida. Mas as plantas podem energizar sua casa e trazer mais saúde para você.

Pensando nisso, trazemos abaixo uma lista com 15 plantas que podem te ajudar aí, no seu lar. Veja quais são elas e conheça seus respectivos benefícios:

1. Jasmim

O jasmim ajuda sua saúde mental pois possui uma substância que alivia a ansiedade, regula as mudanças de humor, melhora a qualidade do sono e, em maior quantidade, eleva a imunidade. Ele pode até aumentar a libido.

2. Clorofito

Tais plantas são excelentes contra o formaldeído, o monóxido de carbono e outras impurezas tóxicas do ar. Elas podem ser encontradas em sacos de papel, guardanapos e tecidos sintéticos. Ela não requer muito cuidado, então é ótima para quem está começando nesse mundo das plantas.

3. Lírio-da-paz

O lírio-da-paz é usado para decoração, já que suas flores brancas são belíssimas. Mas tais plantas podem purificar o ar, absorvendo a amônia, o formaldeído e o tricloroetileno. Essas plantas ainda produzem pólen e um perfume floral.

4. Espada-de-são-jorge

A espada-de-são-jorge é uma excelente para melhorar a qualidade do ar. Ela retira toxinas do ambiente, como o tricloroetileno, o formaldeído, o tolueno, o benzeno e o xileno. Essas plantas são fáceis de cuidar e se alimentam de luz solar indireta.

5. Alecrim

O alecrim é conhecido popularmente por se tratar de uma erva que melhora a concentração e a memória. Mas tais plantas podem aliviar dores musculares e melhorar o sistema circulatório e imunológico.

6. Hera

A hera purifica até 90% do mofo no ar, ajudando pessoas que possuem asma, por exemplo. Mas vale lembrar que ela é venenosa e deve ser mantida longe de animais e crianças.

7. Lavanda

A lavanda (planta natural ou o sachê) alivia o estresse e ajuda contra a insônia. Essas plantas podem ainda auxiliar contra o nervosismo e até a depressão.


PUBLICIDADE

8. Aloe Vera

A aloe vera (ou babosa como é popularmente conhecida) ajuda na capacidade de cura. Tais plantas podem também hidratar a pele irritada.

9. Jiboia, ou hera-do-diabo

Essas plantas são excelentes para eliminar toxinas do ar, como triclorometil, normalmente encontrados em colas, tintas e detergentes. Ela não requer muito cuidado.

10. Seringueira

Apesar de não serem muito difíceis de cuidar, essas plantas crescem bastante. Suas folhas absorvem impurezas do ar e por isso é sempre preciso tirar o pó delas.

11. Bromeliáceas

As bromeliáceas são plantas que absorvem até 90% dos produtos químicos venenosos, como o benzeno. Locais claros e ensolarados são ótimos para cultivá-las.

12. Gerbera

A NASA diz que a gerbera é a melhor planta para remover o benzeno do ar e produzir oxigênio à noite. De acordo com o Instituto Lung, ela ajuda pessoas com insônia e com apneia do sono.

13. Samambaia-americana

A samambaia-americana é uma planta que trabalha como um umidificador natural. Ela ajuda na purificação do ar e no combate ao formaldeído e outras toxinas. As samambaias são fáceis de cultivar e gostam de receber luz solar. O trabalho que se tem é verificar o solo diariamente para ver se está úmido.

14. Azaleia

As azaleias são plantas que ajudam a melhorar a qualidade do ar, absorvendo produtos químicos. Só que é importante que o ambiente esteja sempre úmido.

15. Imbé

O imbé (nome científico philodendrons) é famoso por filtrar produtos químicos tóxicos como o xileno e o formaldeído. Ele prefere locais com pouca luz e não necessitam de muito cuidado. Essa planta necessita ser mantida longe de animais ou crianças.

Sair da versão mobile