Gadoo

Mulher gasta 176 mil reais em tratamento de aumento dos seios e acaba ganhando pelos na região

Para uma mulher, seios podem ser uma faca de dois gumes. De um lado um símbolo da feminilidade, mas de outro, uma possível fonte de ansiedade e baixa estima.

Cada uma tem seu próprio jeito de conviver com os seios, aceitando-os ou buscando maneiras de melhorá-los. Caso seja a segunda opção, recomendam-se pesquisas e precauções, procurando um bom profissional.

Isso porque uma mulher, identificada apenas por Cao, que vive na província de Zhejiang, na China, parece não ter tido muita sorte ao querer mudar a aparência de seus seios.

Mulher gastou 176 mil reais em tratamento de aumento dos seios e acabou ganhando pelos no local, deixando-a horrorizada. Caso aconteceu na China.

Em 2012 foi-lhe dito que ela tinha um crescimento anormal em sua glândula mamária (hiperplasia lobular atípica), e acabou iniciando um tratamento à base de massagens para melhorar o caso, pagando aproximadamente 176 mil reais pelo procedimento que lhe dava esperanças de alargar os seios.


PUBLICIDADE

E assim ela recebeu tratamentos semanais durante um ano, até começar a notar um pouco de irritação na pele, pedindo que os terapeutas trocassem o óleo por outro importado do Japão. No entanto, uma vez que a alteração foi feita, seu tamanho do peito não teve melhoras, mas cabelos incomuns começaram a aparecer.

“Cabelos pretos cresceram em todas as áreas que foram massageadas. Estavam mais escuros do que as minhas sobrancelhas. Estou em pânico! É horrível,” comentou Cao.

Após a descoberta do cabelo no peito, ela apresentou uma queixa com os reguladores do mercado. Durante a mediação com os reguladores, eles afirmaram que a mulher estava tomando medicação para ajudar a engravidar, possivelmente alterando seus hormônios e criando o pelo.

Um novo encontro entre os responsáveis e a vítima mostrou que os óleos “japoneses” foram adquiridos na internet, a partir de um vendedor não regulamentado.

O local responsável pelo tratamento acabou culpado pelo surgimento dos pelos em seu peito. Os mediadores do caso ordenaram que o centro lhe reembolsasse o valor pago pelas sessões restantes, que acabaram canceladas.

Cao, no entanto, iniciou um processo de depilação no peito, sem custos para ela.

Fonte: Rocket News 24

Sair da versão mobile